“Vivendo um ritmo natural” em outubro

VIVENDO UM RITMO NATURAL…

Diante do ritmo de atividades que vivemos hoje, onde dados e informações circulam a velocidade do pensamento, muitas vezes esquecemos de ver, ouvir e sentir um ritmo condizente com a própria Mãe Terra.

Este ritmo natural é, muitas vezes, substituído por um pensar, um agir e um sentir inconsciente, impensado, coisificado e mecanizado.

O ritmo natural, em contrapartida, é um viver universal, em conexão direta com o ritmo da Terra e, conseqüentemente, do Universo, que nos sintoniza e nos coloca novamente em sincronia com tudo o que acontece ao nosso redor.

Por isto, estamos compartilhando esta vivência com todos os que desejarem dar uma pausa no ritmo humano para entrar e entrelaçar-se no ritmo da natureza. Venha, vamos viver momentos de paz, sintonia e sincronicidade junto ao espaço sagrado do OIKOS, em Criciúma/SC.

Neste local, estará disponível a todos a possibilidade de viver com o canto dos pássaros, com o toque da terra-mãe ou ainda com um delicioso (e às vezes gelado!) banho de açude.

Em uma proposta que prevê o compartilhamento de tudo, onde, durante dois dias (sábado e domingo), estaremos dispostos a viver e “com-viver” em “comum-união” com todos.

Propomos que você traga alimentos ou contribuições para compartilhar, à fim de que possamos também realizar o ‘milagre da multiplicação dos pães’.

Além disto, sugerimos a realização de tarefas coletivas, à fim de experimentarmos a dedicação de todos para o bem de todos, na medida de suas possibilidades.

Aguardamos carinhosamente a sua confirmação até dia 24 de outubro, sexta-feira.

Programação:
VIVENDO UM RITMO NATURAL

Data:
25 e 26 de outubro (sábado e domingo)
. Inicia sábado às 14h e encerra no domingo após o almoço.

Local:
OIKOS – Lar de Convivência
Criciúma/SC
www.oikos.org.br
oikos@oikos.org.br
(48) 3437.8869/ 9994.1285

____

Trazer também:
roupa de cama e de banho, roupas e calçados para trabalhos/uso externos e vivências internas, material higiênico de uso pessoal; além de muita alegria, confiança e entrega.

4 pensou em ““Vivendo um ritmo natural” em outubro

  1. Maneca,
    parabens pelo seu oikos muito lindo maravillhoso me trouxe calma, paz,e tranquilidade.
    Muito divertido foi nossa aula ontem.
    Voce é um louco mais louco com uma sabedoria imensa
    que sempre procura passar para nos academico um mundo melhor que vivemos.
    Eu procuro sempre absorver tudo que voce fala, pois sempre ira ter onde usar essa aprendizagem.
    Muito obrigado professor Maneca.

    Daniel

  2. Maneca…

    Embora não tenha participado da aula de sábado, porque infelizmente tenho que cumprir minha jornada ded trabalho, todos os fins de semana, venho por meio deste dizer que fico imensamente feliz qu ainda existam pessoas como você que além de qualquer coisa possui um interior admirável… sabemos que existem poucas pessoas que preocupam-se com o nosso “interior”, nossa alma, a maioria delas e como mesmo aprendi na maioria das aulas tornam-se no decorrer de sua jornada aqui na terra, mesquinhas, capitalistas, alienadas, egocêntricas, comodistas. Suas aulas me fizeram repensar sobre muitas coisas… coisas estas que eu achava ou melhor tinha certeza de que sabia, como saber o que é verdade? aprendi e ainda estou aprendendo a pensar… pensar nas coisas simples que nos cercam e que muitas vezes são alvos de verdadeiros conflitos, conflitos que habitam nosso interior. Aprendi nas muitas mensagens deixadas por você ao “vento” na sala de aula, que ninguém nos diz o que é certo ou errado, que devemos viver cada dia intensamente cuidando todos os dias de nosso lar… que com você aprendi que não é apenas os tantos mt² que cercam nossa casa, mas sim o lar que eu você e todos vivemos e que permanecerá sabe lá por quantas gerações… pensamento conscientes, arriscar mais… por que não? Bom… eu vou começar a parar porque se bem me conheço daqui a pouco isso vai parecer um livro… Por fim queria dizer-te que lamento não poder ir visitar o oikos, mas que certamente outro momento me levara ate la… porque só eu sei como gosto desse tipo de ambiente, afinal nasci no “meio do mato”, mas quero que saiba que li sobre o oikos e antes mesmo de ir lá já me senti em casa… Bom obrigado por ter a paciência de ler até aqui e agradeço também pelas aulas que com todo certeza fizeram me crescer acima de tudo como ser humano!

    grande abraço
    atenciosamente…
    Daiane Assis.

  3. Daiane Mendes de Assis
    30 Jun 2008 ao 17:44
    Maneca…

    Embora não tenha participado da aula de sábado, porque infelizmente tenho que cumprir minha jornada de trabalho, todos os fins de semana, venho por meio deste dizer que fico imensamente feliz que ainda existam pessoas como você que além de qualquer coisa possui um interior admirável… sabemos que existem poucas pessoas que preocupam-se com o nosso “interior”, nossa alma, a maioria delas e como mesmo aprendi na maioria das aulas tornam-se no decorrer de sua jornada aqui na terra, mesquinhas, capitalistas, alienadas, egocêntricas, comodistas e esquecem do principal, enriquecer o espirito. Suas aulas me fizeram repensar sobre muitas coisas… coisas estas que eu achava ou melhor tinha certeza de que sabia, como saber o que é verdade? aprendi e ainda estou aprendendo a pensar… pensar nas coisas simples que nos cercam e que muitas vezes são alvos de verdadeiros conflitos, conflitos que habitam nosso interior. Aprendi nas muitas mensagens deixadas por você ao “vento” na sala de aula, que ninguém nos diz o que é certo ou errado, que devemos viver cada dia intensamente cuidando todos os dias de nosso lar… que com você aprendi que não é apenas os tantos mt² que cercam nossa casa, mas sim o lar que eu, você e todos vivemos e que permanecerá sabe lá por quantas gerações… pensamento conscientes, arriscar mais… por que não? Bom… eu vou parar por aqui, porque se bem me conheço daqui a pouco isso vai parecer um livro… Por fim queria dizer-te que lamento não poder ir visitar o oikos, mas que certamente outro momento me levara ate la… porque só eu sei como gosto desse tipo de ambiente, afinal nasci no “meio do mato”(risos), mas quero que saiba que li sobre o oikos e antes mesmo de ir lá, já me senti em casa… Bom obrigado por ter a paciência de ler até aqui e agradeço também pelas aulas que com todo certeza fizeram me crescer acima de tudo como ser humano!

    Grande abraço
    Atenciosamente…
    Daiane

  4. Eu e meus amigos estivemos na Oikos este final de semana. Foi tudo muito bom. Para quem quer relaxar e passar um dia diferente é só ir até lá que será muito bem recebido. Além de o lugar ser muito especial e lindo. Um grande beijo e um abraço bem forte para a Izabel e a Terezinha que nos acompanharam o tempo todo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *