Prestando contas da campanha: “Oportunidade de contribuir com nossos irmão nativos”

Cacique Irineu, de camiseta verde, recebeu as doações em nome da comunidade

 

Prestando contas da campanha:
OPORTUNIDADE DE CONTRIBUIR COM NOSSOS IRMÃOS NATIVOS

“O bom coração tem a ver com o agir no mundo ultrapassando o autrocentramento”.(Lama Padma Samten)

 

Com alegria, comunicamos aos queridos amigos e amigas que nossa campanha para arrecadar cestas básicas para a comunidade indígena Guarani foi um sucesso. Foram 43 doações, de quatro estados, somando R$ 6.677,69 mais duas cestas básicas em alimento.

Com este total, todas as cerca de 300 pessoas (aproximadamente 50 famílias) da aldeia Tekoá Maragatú (“Lugar da Harmonia”), da localidade de Cachoeira dos Inácios, município de Imaruí, vão ganhar uma cesta média, no valor de R$ 73,90 cada uma, perfazendo um total de R$ 3.695,00.

Além dos 50 cestas adquiridas pela nossa campanha, o Manentti Supermercados ainda doou mais duas cestas do mesmo tipo que, assim, somaram 52 cestas neste primeiro momento.

Nesta quinta-feira pela manhã, 16/9, o professor João Batanolli e eu, fomos até a aldeia, em Imaruí, onde entregamos as 52 cestas básicas para o cacique Irineu, que prontamente distribuiu à comunidade.

O que dizer a cada um e a todos que contribuíram física e espiritualmente, sutil e materialmente, se não gratidão pela oportunidade de ser útil? Também, gratidão pelo lindo gesto e pela confiança.

CAMPANHA CONTINUA

Esta campanha ainda continua e aspiramos, no mês de outubro, levarmos a mesma quantidade de cestas básicas para nossos irmãos nativos. Assim, mais uma vez, cada família receberá a mesma quantidade de alimento. Já temos em caixa R$ 2.832,69 que garantem quase 38,3 cestas  de R$ 73,90, faltando somente 11,7 para completarmos as 50 cestas.

Lembramos que, com a pandemia, a principal fonte de renda dos Guaranis, que é a venda de artesanato, praticamente não ocorreu mais, por isso a urgência é de alimento. Neste sentido, sugerimos a doação de cestas básicas que variam em três preços: R$ 63,90, R$ 73,90 e R$ 152,90.
Caso não possa contribuir com uma cesta básica, ajude com metade ou qualquer quantia. Neste momento tão delicado para nossos irmãos nativos, todo auxílio será bem-vindo.

As contribuições podem ser feitas diretamente com cestas básicas, via PIX (Chave CPF 46180281904 – Manoel Mendes) ou depósito bancário (CEF – Ag. 0415 – CC 23.284-4 – CPF 461802819-04), que serão revertidas em alimento. Por favor, para efeito do nosso controle, confirmar a doação à campanha.

 

Doação | Primeiro nome do(a) doador(a) | Cidade | Estado (*)

. R$ 100 00 ( Guto – Criciúma/SC )

. R$ 100,00 ( Dorinha – Criciúma/SC )

. R$ 100,00 ( Marilucia – Criciúma/SC )

. R$ 100,00 ( Vânia – SP )

. R$ 100,00 (Dicson – Içara/SC )

. R$ 127,80 ( Nádia – Orleans – SC )

. R$ 152, 90 ( Joceli – Urussanga/SC )

. R$ 152,90 ( Manas -Urussanga/SC )

. R$ 152,90 (André – Canela/RS)

. R$ 152,90 (Idésio – Morro da Fumaça/SC)

. R$ 153,00  ( Tilinha – São José dos Campos/SP)

. R$ 155, 00  (Lucas Araújo – São José dos Campos/SP)

. R$ 200,00 (Fernando – Porto Alegre/RS)

. R$ 200,00 (Robson Criciúma/SC)

. R$ 215,00 ( Eduardo – Pescaria Brava/SC)

. R$ 30,00 (Saulo – Criciúma/SC)

. R$ 305,80 ( Samuel – Dublin, Irlanda)

. R$ 305,80 ( Vitor – Florianópolis/SC)

. R$ 50,00 ( Juarez  – Criciúma/SC)

. R$ 612,00 (Albany – Criciúma/SC)

. R$ 63,90 ( Humberto – Criciúma/SC)

. R$ 63,90 ( Jeane – Criciúma/SC)

. R$ 63,90 (Luiz Carlos – Criciúma/SC)

. R$ 64,00  (Elaine Marta – Bal. Camboriú/SC)

. R$ 70  00 (Sonir  – Araranguá/SC)

. R$ 73,80 ( Assis – Bal. Camboriú/SC )

. R$ 73,90 ( Antônio – Criciúma/SC)

. R$ 73,90 ( Carlos Eduardo – Curitiba)

. R$ 73,90 ( Deisi – Morro da Fumaça/SC)

. R$ 73,90 ( Edegar – Criciúma/SC )

. R$ 73,90 ( Jean – Canoinhas/SC )

. R$ 73,90 (Alex – Cocal do Sul/SC)

. R$ 73,90 (Cleiton – Criciúma/SC)

. R$ 73,90 (Dione – Porto Alegre/RS )

. R$ 73,90 (Kelly  – Francisco Beltrão/PR)

. R$ 73,90 (Leca – Criciúma/SC)

. R$ 73,90 (Sérgio Luiz – Criciúma/SC)

. R$ 74,00 ( Nilzo – Criciúma/SC )

. R$ 75,00 ( Patrick – Araranguá/SC)

. R$ 80,00 (Maria Elisa – Holambra/SP)

. R$ 98,99 ( José Carlos – Criciuma/SC)

. R$ 960,00 ( Marcos | Instituto Expansão- Urussanga/SC)

. R$ 739,00 (Ronaldo – Florianópolis/SC)

. R$ 30,00 (Eraldo – Criciúma/SC)

. R$ 147,80 (Manentti Supermercados – Criciúma/SC) – Doação de duas cestas básicas

(*) Como forma de prestar contas e mantermos a transparência da campanha, colocamos somente o primeiro nome da pessoa para que ela possa checar sua doação e todos possam acompanhar este compassivo movimento.

 

Total arrecadado até 16/9/2021: R$ 6.677,69

– Doação dia 16/9: 50 cestas de R$ 73,90 = R$ 3.695,00 + duas do Manentti

Total 1= R$ 2.982,69 – R$ 150,00 (Transporte – só o combustível – caminhonete emprestada) = R$ 2.832,69 (Saldo em caixa para próxima doação no mês de outubro).

PS. Não entraram nesta conta as seguintes doações, que vão entrar na próxima prestação de contas:
. R$ 152, 90 (Márcio – Bal. Piçarras)
. R$ 73,90 (Guilherme – Praia Grande)
. R$ 100,00 (Luciano – Criciúma)
. R$ 63,90 (Valmor – Florianópolis)
. R$ 75,00 (Sandro – Treviso)
. R$ 127,80 ( Kelly – Francisco Beltrão)
Total 2: R$ 593,50

Total 1 + Total 2= R$ 3.426,19 dividido por 51 cestas básicas de R$ 63,90 = R$ 3.258,90
Saldo: R$ 3.426,19 (em caixa) – R$ 3.258,90 (51 cestas de R$ 63,90) = Total em caixa= R$ 167,29
+ Doação de R$ 150,00 (Magnus – Francisco Beltrão)
Novo saldo em caixa= R$ 317,50

Caso você tenha feito alguma doação e seu nome não está nesta lista, por favor, entre em contato enviando o comprovante. Foram cerca de 50 Pix e não tivemos condições de saber exatamente quem depositou se não enviasse o comprovante. Gratidão pela compreensão!

 

Chegando na aldeia indígena Guarani Tekoá Maragatú

 

Momento em que descarregávamos as cestas na aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *