PDC – Certificação de design em Permacultura, em fevereiro de 3 a 12 de fevereiro 2023, no Oikos, em Criciúma

Com o curso PDC – Certificação de Design em Permacultura você vai ter subsídios teóricos e práticos para realizar planejamentos de ocupações humanas sustentáveis. Este é um curso para qualquer pessoa, de qualquer idade ou profissão; é uma imersão para quem acredita na vida.

Venha, junte-se a nós neste linda jornada de cuidar da terra, cuidar das pessoas e continuar semeando o sonho.

PDC – Certificação de Design em Permacultura de responsabilidade da Nova Oikos
De 3 a 12 de fevereiro de 2023, no Oikos, em Criciúma
Mais detalhes, acesse: https://oikos.org.br/programacao/pdc/

Canjerana, uma árvore nativa do Oikos


A canjerana, também conhecida como canjarana, ocorre desde Minas Gerais e Mato Grosso do Sul até o Rio Grande do Sul. Apresenta ampla dispersão em Santa Catarina, sendo bastante comum em todas as formações florestais do estado. No Oikos, não é diferente, onde se apresenta com suas sementes avermelhadas que se dispersam no terreno.

Ocorre naturalmente em vários tipos de solos, de férteis aos de baixa fertilidade, como é o nosso, principalmente os situados no alto dos morros, porém prefere solos úmidos e profundos, em terrenos planos ou suavemente ondulados, onde a drenagem é lenta.
Continue lendo

Oikos: en-canto das cigarras


De todos os insetos, a cigarra é o que tem o ciclo de vida mais longo. Em alguns lugares, as larvas chegam a ficar até 17 anos debaixo da terra esperando o momento certo para tornar-se adultas. No Brasil, são, no máximo três anos.
Então, na primavera, os milhares de larvas emergem do chão e iniciam uma longa escalada pelo tronco das árvores. É aí que em poucas horas a cigarra se despoja da casca que a cobriu durante anos e ganha asas. Daí em diante, ela terá poucas semanas para se alimentar, acasalar, procriar e morrer.
No Oikos, o espetáculo é “ouvido” com o canto sincrônico das cigarras, e “visto” nos troncos das árvores que enfileiram as cascas dos insetos numa bonita metáfora.
Continue lendo

“Vivendo um ritmo natural” em outubro

VIVENDO UM RITMO NATURAL…

Diante do ritmo de atividades que vivemos hoje, onde dados e informações circulam a velocidade do pensamento, muitas vezes esquecemos de ver, ouvir e sentir um ritmo condizente com a própria Mãe Terra.

Este ritmo natural é, muitas vezes, substituído por um pensar, um agir e um sentir inconsciente, impensado, coisificado e mecanizado.

O ritmo natural, em contrapartida, é um viver universal, em conexão direta com o ritmo da Terra e, conseqüentemente, do Universo, que nos sintoniza e nos coloca novamente em sincronia com tudo o que acontece ao nosso redor.

Por isto, estamos compartilhando esta vivência com todos os que desejarem dar uma pausa no ritmo humano para entrar e entrelaçar-se no ritmo da natureza. Venha, vamos viver momentos de paz, sintonia e sincronicidade junto ao espaço sagrado do OIKOS, em Criciúma/SC.
Continue lendo